Java: primeiros passos no estudo da linguagem

A partir de hoje vou abordar um pouco sobre essa grande tecnologia que é Java, este material tem como objetivo auxiliar tanto aqueles programadores que pensam em aprender uma nova linguagem quanto aos que pretendem iniciar neste ramo. Muitos se perguntam, por onde começo a estudar esta tecnologia, pois bem, já tive alguma experiência em sala de aula, tanto como aluno quanto professor deste mesmo assunto, e tirei algumas conclusões que irei abordar neste artigo e nos próximos que virão.

Por | @oficinadanet Programação
Salve, salve caros amigos, como estão?

A partir de hoje vou abordar um pouco sobre essa grande tecnologia que é Java, este material tem como objetivo auxiliar tanto aqueles programadores que pensam em aprender uma nova linguagem quanto aos que pretendem iniciar neste ramo. Muitos se perguntam, por onde começo a estudar esta tecnologia, pois bem, já tive alguma experiência em sala de aula, tanto como aluno quanto professor deste mesmo assunto, e tirei algumas conclusões que irei abordar neste artigo e nos próximos que virão.

Primeiramente, o que é a Java?


É uma tecnologia, onde é possível se fazer qualquer tipo de aplicação, é tão sofisticada e completa que ninguém se atreve a dizer: Eu sei tudo de Java. Ela é basicamente constituída de uma linguagem de programação, um ambiente de desenvolvimento, um ambiente de aplicação e um ambiente de distribuição. Quando programa-se em Java usa-se a linguagem de programação Java e um ambiente de desenvolvimento Java para gerar um software que será executado em um ambiente de distribuição Java. Tudo isso é a tecnologia Java.

Mas e daí, o que torna essa tecnologia tão especial, o que a faz ser a mais utilizada pelos programadores e desenvolvedores. Pois bem, ela possui algumas características: linguagem simples, orientada ao objeto, distribuída, interpretada, robusta, segura, de arquitetura neutra, portável, de alto desempenho, multithreaded, e dinâmica.

Outra grande sacada da Java é a sua Máquina Virtual.


Máquina Virtual Java - é uma máquina imaginária que é implementada através de um software emulador em uma máquina real. Esta maquina provê especificações de plataforma de hardware na qual compila-se todo código de tecnologia Java. Essas especificações permitem que o software Java seja uma plataforma independente, pois a compilação é feita por uma máquina genérica conhecida como Java Virtual Machine, ou JVM. Um código fonte escrito em linguagem Java ao compilado, não gera código binário e sim um códgio intermediário, conhecido como bytecode.

O bytecode é uma linguagem de máquina especial que pode ser entendida pela JVM, isso é o que torna a Java livre de plataforma, como pode ser visto na figura 1.

As três grandes edições


Java se divide em três grandes edições.

Java 2 Standard Edition (J2SE): É a tecnologia Java para computadores pessoais, notebooks e arquiteturas com poder de processamento e memória consideráveis. Várias APIs acompanham esta versão e tantas outras podem ser baixadas opcionalmente no site da Sun. É com elas que a maioria das aplicações são construídas e executadas. O J2SE possui duas divisões:
  • Java Development Kit (JDK) ou Standard Development Kit (SDK): um conjunto para desenvolvimento em Java e deveria ser instalado apenas pelos desenvolvedores por possuir ferramentas para tal tarefa.
  • Java Runtime Edition JRE: uma versão mais leve da JDK pois é preparada para o ambiente de execução, ou seja, é esta versão que executará os sistemas construídos com a SDK.

Java 2 Mobile Edition(J2ME): É a tecnologia Java para dispositivos móveis com limitações de memória ou processamento. Possui APIs bem simples e leves para economizar espaço, memória e processamento. São utilizadas para sistemas em celulares, palm tops, pocket pcs, smartphones, javacards e demais dispositivos. O J2ME se divide em dois grupos de bibliotecas. É dividida em dois grupos:
  • Connected Limited Device Configuration (CLDC): Para celulares e smartphones, que são mais limitados.
  • Connected Device Configuration (CDC): Para Palmtops e Pocket pcs e alguns dispositívos mais poderosos.

Java 2 Enterprise Edition (J2EE): É a tecnologia Java para aplicações corporativas que podem estar na internet ou não. Possui um grande número de APIs onde a segurança é a principal preocupação. É ideal para a construção de servidores de aplicação, integração de sistemas ou distribuição de serviços para terceiros.

Teremos como foco de nossos artigos a edição J2SE, que abrange o desenvolvimento de aplicações para desktop juntamente com algumas ferramentas e frameworks.

Nos “veremos” no próximo artigo, onde iremos falar sobre as fases de um programa em Java e a configuração do ambiente de desenvolvimento.

Bons estudos.
Autor: Prof. Glenn William R. Barbosa

Mais sobre: java, programação, especial_weblivre
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários