Porque a criação do CSS?

Por que ele surgiu? Para que ele serve e quando foi isso?

Por | @oficinadanet Programação
Porque a criação do CSS?

Olá Pessoal, estamos de volta para mais um artigo envolvendo o nosso assunto principal  Folha de Estilos(CSS). Mas por que ele surgiu? Para que ele serve e quando foi isso?

Quando o HTML foi novidade e percebeu-se que ele não foi feito de forma alguma para a formatação, por ser muito complexo e difícil na formatação de informações. Por esse tempo apareceu o salvador da pátria. Håkon Wium Lie, vendo toda essa dificuldade, resolveu criar um jeito mais fácil para formatar a informação.

Foi ano de 1994 a criação do CSS(Cascading Style Sheets). Bert Bos aceitando o convite feito pelo próprio Håkon, os dois então, trabalharam juntamente no começo do desenvolvimento do CSS.

Em 1995 eles apresentaram sua proposta e finalmente, o W3C – World Wide Web Consortium – que estava acabando de nascer, se interessou pelo projeto e resolveu criar uma equipe, obviamente liderada por Håkon e Bert Bos.

Esse projeto deu certo e o resultado apareceu logo, em 1996, eles lançaram a recomendação oficial pelo W3C do CSS Level 1 (CSS 1). Dois anos depois, no dia 12 de Maio de 1998, eles lançaram a recomendação do CSS de nível 2. A segunda versão das Folhas de Estilo para web. O nível 3 do CSS ainda está em desenvolvimento, mas logo o CSS 3 não demorará tanto quanto as outras.

Bom, essa é uma historia resumida, mas a sua necessidade adveio do fato de o HTML aos poucos ter deixado de ser usado apenas para criação de conteúdo na web, portanto havia uma mistura de formatação e conteúdo textual dentro do código de uma mesma página. Contudo, na criação de um grande portal, fica quase impossível manter uma identidade visual, bem como a produtividade do desenvolvedor. É nesse ponto que entra o CSS.

O grande objetivo por trás da criação do CSS foi o de permitir a separação do conteúdo informativo ou semântico e do conteúdo de formatação de um documento. As páginas HTML tradicionais misturam ambos os tipos de conteúdo num só documento.


Com a variação de atualizações dos navegadores como Internet Explorer que ficou sem nova versão de 2001 a 2006, o suporte ao CSS pode variar. O Internet Explorer 6, por exemplo, tem suporte total a CSS1 e praticamente nulo a CSS2. Navegadores mais modernos como Opera, Internet Explorer 7 e Mozilla Firefox tem suporte maior, inclusive até a CSS 3, ainda em desenvolvimento.

Bom Pessoal essa foi mais uma informação que passo a vocês, espero que gostem e até o próximo artigo!

Forte Abraço,
Daniel Guimarães.

Mais sobre:
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.