A escassez de profissionais de TI no mercado

O setor de tecnologia precisa de profissionais. Existem muitas vagas pelo país. Pode parecer-lhe estranho esta citação, mas é a mais pura verdade do que têm acontecido com nosso mercado. Profissionais incapacitados são a maioria, os demais estão empregados.

Por | @nmuller99 Carreira em TI
O setor de tecnologia precisa de profissionais. Existem muitas vagas pelo país. Pode parecer-lhe estranho esta citação, mas é a mais pura verdade do que têm acontecido com nosso mercado. Profissionais incapacitados são a maioria, os demais estão empregados.

A escassez de profissionais de TI no mercado

As empresas têm recorrido aos RHs em busca de profissionais capacitados para as mais diversas áreas de atuação no setor de Tecnologia da informação. O que se tem encontrado são profissionais sem conhecimento. A formação em casos já deixa de ser requisito pelo fato de que muitas pessoas têm condições de ser autodidata, e o conhecimento específico em determinada área torna-o requisitado.

Profissionais que estão no mercado trabalhando são os que já possuem uma carga de experiência considerável, e dificilmente você o verá desempregado, o que pode acontecer com ele é a troca de empresas entre os profissionais.

As empresas estão contratando estagiários para ensinar-lhes:


As empresas contratam pessoas que estejam matriculadas em algum curso relacionado à área para ensinar o que é necessário e assim obter resultado do futuro e talvez improvável funcionário. Esta tem sido a saída para a falta de profissionais no mercado, porém, não é barato. Manter um funcionário – mesmo que em caráter de estágio – para que este se torne capacitado gera custos que a empresa espera ter retorno após a “formação” específica deste funcionário.

Nenhuma pessoa com pouco conhecimento irá gerar frutos a empresa em menos de 6 meses de estudo, este fator influência na escolha das pessoas por um curso de graduação.

A grande escapada dos cursos de graduação:


Pesquise nas entidades de ensino superior para ver qual são os cursos com maior desistência nos primeiros semestres. Aprender e ser um profissional de tecnologia exige muito sacrifício e empenho, a persistência deve ser tratada como virtude para estas pessoas.

Os salários para quem tem graduação na área são muito convincentes. E antes de chegar ao final da graduação, dificilmente este sairá sem emprego garantido.

Experiência é necessário:


Como em qualquer outro setor, você precisa de experiência para entrar no mercado de trabalho. Como conseguir isto se você jamais trabalhou? Conheço duas prováveis possibilidades que funcionam:
  • Iniciar o trabalho por um salário baixíssimo: é um fator que pode lhe trazer o primeiro emprego, porém para que isto seja possível, sugiro que inicie trabalhando por meio turno e comece quando ainda estiver no “colegial”. Assim você não precisará usar o salário como sustento próprio, afinal, espera-se que você ainda more com seus pais.
  • Cursos: faça diversos cursos de especialização. Ter cursos específicos sobre determinados assuntos lhe ajudará muito a conseguir um primeiro emprego.

Não espere ficar rico com esta área, pois você provavelmente não será milionário, mas sua remuneração lhe dara sustentabilidade para viver bem a vida.

Comece por baixo, seja humilde e conquiste seu lugar no mercado. Em pouco tempo verá que isto terá valido a pena! Você não precisa ser o melhor no que faz, mas dê o máximo de si!

Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo