Conceito e passos para desenvolver um modelo ER

Conceituando modelo ER e dez passos simples para o desenvolver. O modelo entidade relacionamento mais conhecido como Modelo ER ou ainda Diagrama ER, é um modelo diagramático que descreve o modelo de dados de um sistema com alto nível de abstração, é a visão estática de um programa. Sua maior aplicação é para visualizar o relacionamento entre tabelas de um banco de dados, na qual as relações são construídas através da associação de um ou mais atributos destas tabelas.

Por | @irialuppi Programação
Olá  pessoal depois de muito tempo estou de volta... É  Pós-Graduação e Trabalho, o dia a dia se torna  corrido, mas  prometo  postar artigos  com mais frequência. Um abraço a todos e  boa leitura.

O modelo entidade relacionamento mais conhecido como Modelo ER ou ainda Diagrama ER, é um modelo diagramático que descreve o modelo de dados de um sistema com alto nível de abstração, é a visão estática de um programa. Sua maior aplicação é para visualizar o relacionamento entre tabelas de um banco de dados, na qual as relações são construídas através da associação de um ou mais atributos destas tabelas.

O modelo ER é divido em Conceitual e Físico:

MODELO CONCEITUAL: é a realidade da empresa modelada por um projetista, ou seja, o seu funcionamento e interligação de partes e setores esquematizados em um modelo gráfico.

MODELO FÍSICO : é a modelagem interna do sistema de processamento de dados de um sistema de informação.

Para facilitar o entendimento das pessoas  que estão iniciando na área de banco de dados  ou programação  foram desenvolvidos  os seguintes passos pela professora Carina F. Dorneles da Universidade de Passo Fundo UPF:

Passo 1: Identificar todos os substantivos que indiquem objetos.

Passo 2: Descartar os substantivos que, quando entidades, possuem apenas uma ocorrência.

Passo 3: Descartar os substantivos que servem apenas para entendimento do problema.

Passo 4: Descartar objetos que se referem a aplicações futuras.

Passo 5: Descartar objetos que não teriam nenhum atributo.

Passo 6: Listar os objetos que se tornarão entidades.

Passo 7: Identificar relacionamentos através da sentença: “objeto verbo objeto”.

Passo 8: Estabelecer o grau de relacionamento entre as entidades.

Passo 9: Estabelecer a cardinalidade do relacionamento entre as entidades.

Passo 10: Identificar os atributos de cada entidade.

Mais sobre: modelo ER, modelo Físico, mdelo conceitual
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários