Como configurar uma rede multiplataforma

Mac OS X, Linux e Windows podem coexistir em paz em uma única rede. Ao usar equipamentos padrão e as ferramentas internas dos próprios sistemas operacionais, você pode conectar seu hardware heterogêneo numa rede só.

Por | @jonathanlamimkt Hardware
Mac OS X, Linux e Windows podem coexistir em paz em uma única rede. Ao usar equipamentos padrão e as ferramentas internas dos próprios sistemas operacionais, você pode conectar seu hardware heterogêneo numa rede só.

Ao montar uma rede, a primeira questão é com ou sem fios?. A não ser que você tenha sérias preocupações de segurança, a resposta deve ser ambos. Redes sem fio são mais convenientes, permitindo que usuários de laptops trabalhem de qualquer lugar da casa ou escritório. E conexões com fio são uma melhor escolha para desktops e impressoras porque são mais rápidas, segura e fáceis de configurar.

Ethernet


Antes de conectar o primeiro roteador sem fio que encontrar, entretanto, descubra quais são suas necessidades de rede e a topologia do seu escritório. Primeiro: já tem uma rede cabeada instalada? Se sim, ela chega aos locais onde pretende conectar PCs e impressoras?

Cabos Ethernet são baratos, mas para criar um ambiente profissional, entretanto, você precisa da ajuda de um técnico um eletricista, talvez para instalar os cabos pelas paredes (ou ao menos planejar no papel onde seus dispositivos estarão no local).

Todos os cabos têm de chegar a algum lugar e o destino final costuma ser uma sala onde todos os cabos se plugam a um roteador ethernet, que pode ou não ter um ponto de acesso wireless. E, claro, sua conexão à internet chega até esta sala, onde é ligada ao roteador. Caso seja uma empresa pequena cinco ou menos pessoas apenas um roteador wireless barato quebra o galho, já que a maioria deles vem com três a cinco conexões ethernet mais o acesso sem fio.

Para uma melhor performance, coloque seu roteador sem fios (ou access point) nas áreas de maior uso. Usar a tecnologia mais recente a especificação 802.11n draft pode aumentar a velocidade das conexões wireless. Só que padrões não finalizados ainda (como o 802.11n) têm melhores resultados quando você usa o roteador/ponto de acesso com o hardware do mesmo fabricante. Leia o manual antes de instalar o roteador, e não se esqueça de trocar a senha padrão do roteador antes de conectá-lo à internet.

Impressoras


Outro bom motivo para ligar seus computadores em rede é compartilhar impressoras.

Para encontrar e instalar uma impressora de rede no Windows, vá ao Painel de Controle, abra a opção Impressoras e Faxes (ou só Impressoras no Vista), clique em Adicionar Impressora e use a opção de impressora de rede na caixa de diálogo resultante para buscar pela impressora na rede. O Vista irá detectar e instalar um driver automaticamente, se ele estiver disponível online; o XP mostra uma lista dos drivers disponíveis. As impressoras de rede podem não aparecer para o XP se o Grupo de Trabalho (Workgroup) do PC for diferente do da impressora.

Para encontrar e instalar uma impressora no Mac OS X 10.4, abra as Preferências de Sistema, escolha Impressão e Fax, clique no sinal de + para adicionar uma impressora. Se sua impressora não aparece na lista padrão de impressoras, ela pode estar sob a categoria Windows, que permite selecionar impressoras compartilhadas em qualquer grupo de trabalho Windows. Selecione a impressora e clique em Adicionar.

No Ubuntu Linux (distribuição que usamos de exemplo neste artigo), escolha System | Administration | Printing, clique em New Printer, selecione a impressora na lista e clique em Forward para escolher o driver correto e instalar a impressora.

Também dá para compartilhar impressoras conectadas diretamente a um computador com outras máquinas na rede.

Para compartilhar uma impressora no Windows, habilite o compartilhamento de arquivos e impressoras. No XP, abra as Conexões de Rede no Painel de Controle, clique com o botão direito na conexão de rede ativa e escolha Propriedades e marque, na lista Esta conexão usa..., a opção de Compartilhar Arquivos e Impressora e clique em OK. No Vista, abra a Central de Redes e Compartilhamento no Painel de Controle, expanda a seção de compartilhamento de impressora, selecione Ativar compartilhamento de impressora e clique em Aplicar. Se quiser compartilhar seus arquivos na rede, habilite  Compartilhamento de Arquivos. Depois, na caixa de diálogo Impressoras e Faxes, clique com o botão direito no nome da impressora que quer compartilhar, selecione Compartilhar esta impressora, dê um nome a ela e clique em OK.

No OS X, selecione a impressora em Preferências de Sistema | Impressão e Fax e clique em Compartilhar esta impressora.

Embora o Ubuntu possa compartilhar impressoras com outros sistemas e navegar por impressoras no Windows por padrão ele não compartilha suas próprias impressoras como o Windows faz até que você instale o utilitário Samba, que emula o protocolo de compartilhamento de arquivos e impressoras SMB, do Windows. O modo mais fácil de fazer isso é pela linha de comando. Para detalhes de como configurar o Samba, veja o guia oficial.

Arquivos


Como impressoras, armazenamento funciona melhor quando está em rede. No passado, compartilhar arquivos significava ter um computador só para essa tarefa. Hoje, dispositivos de armazenamento em rede (NAS, Network Attached Storage) não muito maiores que um disco rígido externo oferecem espaço em disco para qualquer um na rede pelo protocolo padrão de compartilhamento de arquivos, o SMB.

Para conectar um dispositivo em SMB a partir do Windows (sendo um NAS ou um computador) abra Meus locais de rede, e vá até os compartilhamentos disponíveis no grupo de trabalho atual. Como ocorre com as impressoras, o XP só mostra os compartilhamentos disponíveis no grupo de trabalho que você se pertence. No OS X, abra uma janela do Finder e veja os servidores disponíveis no painel Compartilhado ao lado esquerdo da janela, ou escolha Ir | Rede no menu. No Ubuntu, escolha Places | Network,

Como ocorre no compartilhamento de impressão, nem todo storage está ligado diretamente à rede. O Mac OS X, Windows e Linux permitem compartilhar arquivos na sua máquina com outros usuários da rede, assim como navegar por arquivos compartilhados de outros computadores. Para compartilhar arquivos no Windows, primeiro habilite o compartilhamento de arquivos e impressoras (como descrito acima). No XP, vá até a pasta que quer compartilhar, clique com o botão direito do mouse, escolha Compartilhamento e Segurança e escolha a opção Compartilhar esta pasta na rede. Se quer permitir que outros usuários editem, apaguem e criem novos arquivos nessa pasta compartilhada, clique em Permitir que usuários da rede modifiquem meus arquivos e em OK para finalizar.

Por padrão, o Vista requer que os usuários criem um nome de login e senha antes de ter acesso aos arquivos compartilhados. Se você quiser passar por cima dessa definição e liberar o acesso a todos, desative a opção Compartilhamento protegido por Senha na Central de Redes e Compartilhamento. Para compartilhar uma pasta ou arquivo no Vista, clique com o botão direito e escolha Compartilhar | Todos e Adicionar | OK.

No OS X, abra as Preferências de Sistema, clique em Compartilhamento, escolha Compartilhamento de Arquivos e clique em Opções | Compartilhar arquivos e pastas usando SMB. Escolha as pastas na lista que aparecer e, caso o sistema peça, digite a senha de administrador.

No Ubuntu, selecione a pasta no File Browser, escolha File | Properties, selecione a aba Share, escolha Share this Folder e Guest Access, e clique em Create Share.

Fonte: PCWorld

Mais sobre: redes, linux, windows
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários