Introdução a JavaScript

Saiba o que é, como surgiu, pra que serve, o que é preciso ter pra iniciar o estudo desta linguagem, enfim, conheça a história do JavaScript.

Por Programação Pular para comentários
Introdução a JavaScript
Coluna Publicada anteriormente em 26/02/2006.

        Olá, me chamo Diego Arent, e a partir de hoje estarei expondo um pouco dos meus conhecimentos através de artigos sobre JavaScript aqui no Oficina da Net.
        Como é meu primeiro artigo, tentarei definir basicamente o que é JavaScript.


Como surgiu o JavaScript?
       - JavaScript é uma linguagem que foi primeiramente desenvolvida pela Netscape e que, inicialmente se chamava LiveScript. Antes do lançamento da 1ª versão do LiveScript, no final de 1995, a Netscape fechou uma aliança com a Sun Microsystems (Criadora da linguagem JAVA) , para desenvolverem em conjunto esta nova linguagem, que passou a se chamar JavaScript, também conhecida como JScript.

O que é JavaScript?
       - JavaScript é uma linguagem de programação simples que permite inserir lógica em códigos HTML, baseada em Java, porém, muito mais fácil de se utilizar. Não necessita de kit de desenvolvimento, nem requer compilação do código.

Onde é utilizada?
       - É muito utilizada como auxílio de criação para páginas web, a maioria das linguagens para Web tem suporte a JavaScript, sendo assim podemos inserir o código, tanto em HTML, ASP, etc...

Que linguagens preciso saber para começar com o JavaScript?
       - Na verdade, não precisa de nenhuma, mas eu recomendo, pelo menos o HTML, para que você possa entender algumas formatações do código.

Java e JavaScript são iguais?
       - Não, são apenas da mesma empresa (Sun Microsystems). O JavaScript é uma linguagem mais leve e bem mais simples que Java, mas, se você deseja aprender Java, o JavaScript pode ser muito útil, pois a sintaxe é bem parecida.

Que programas posso usar para criar e editar meus códigos?
       - Há alguns editores de web geral (Que permitem a criação de códigos para web, seje em ASP, PHP, HTML, etc...) mas, a maioria deles são pagos. Se você não tiver nenhum software de web geral, você pode usar o bloco de notas, mas, fique atento ao salvar o arquivo: se for JS incluso em HTML, salve .htm ou .html se for só JS você tem mais uma opção, .JS .


Dúvidas, críticas ou sugestões? Envie-me um e-mail.

“Abraços e até a próximo artigo.”
  - Diego Arent, colunista JavaScript.

Compartilhe com seus amigos:
Quer conversar com o(a) Diego, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias de Programação
  • Google usa Mulher-Maravilha para ajudar meninas a programar

    Google usa Mulher-Maravilha para ajudar meninas a programar

    Meninas ganham um incentivo extra na hora de aprender a programar, a Mulher-Maravilha.

  • Criando um cadastro de usuário em Java

    Criando um cadastro de usuário em Java

    O objetivo deste artigo é desenvolver uma aplicação em JSE (Java Standard Edition) de inserção de dados utilizando alguns padrões de projeto.

  • Quer aprender PHP? Saiba mais

    Quer aprender PHP? Saiba mais

    Chegou o tão aguardado curso online de PHP do Oficina da Net. Você não pode perder. PHP é uma das linguagens mais usadas no mundo. Os conteúdos que vou mostrar no curso, são exatamente o que você precisa saber para iniciar sua carreira como programador.

  • Formulário de contato em php

    Formulário de contato em php

    Guia do PHP: Aprenda a fazer um formulário em PHP que envia via SMTP autenticado o e-mail para um destinatário.

  • Como fazer um GIF?

    Como fazer um GIF?

    Aprenda a criar um GIF animado de vídeos. Descubra como criar os GIFs, imagens animadas que você vê em na internet.

  • O que priorizar na hora de escolher o hosting para seu site?

    O que priorizar na hora de escolher o hosting para seu site?

    Com o crescimento das ofertas na web, saiba o que você deve levar em consideração na hora de escolher a melhor empresa de hosting para seu empreendimento

  • O que preciso fazer para criar um aplicativo?

    O que preciso fazer para criar um aplicativo?

    Temos visto que desenvolver aplicativos que visam o mercado mobile pode ser mais que uma alternativa rentável, pode colocá-lo no topo, deixá-lo rico. Mas nem tudo são flores, e o aspirante a desenvolvedor de app precisa seguir algumas regras.

  • WEBINAR 3.9

    WEBINAR 3.9

    Venha para o Maker e descubra como tornar o seu negócio mais competitivo.