CADASTRE-SE

Safernet Brasil lança site com denúncias de crimes virtuais

40 2 comentário(s) Redação (@oficinadanet)

A ONG Safernet Brasil anunciou um site que reúne informações sobre denúncias de crimes virtuais no nosso país. Conforme a Safernet, ao longo de seis anos, a entidade já recebeu e processou mais de 3,1 milhões de denúncias

A ONG Safernet Brasil anunciou um site que reúne informações sobre denúncias de crimes virtuais no nosso país. Conforme a Safernet, ao longo de seis anos, a entidade já recebeu e processou mais de 3,1 milhões de denúncias que envolvem quase 500 mil URLs em nove idiomas e ainda espalhadas por 88 países.

"Criamos a ferramenta para disponibilizar para consulta pública, pela primeira vez, dados completos, neutros e confiáveis em relação a oito tipos de crimes cibernéticos. Queremos fornecer uma maneira de o usuário ter conhecimento sobre estes crimes no Brasil e no mundo", afirma Caio Sacramento, coordenador de Tecnologia da Informação (TI) da Safernet, ao G1. "Usuários podem conhecer além destes indicadores, a legislação dos países que hospedam conteúdo suspeito".

De acordo ainda com a Safernet, a organização é responsável por receber em média 2,5 mil denúncias diariamente, na qual envolvem evidências de crimes de pornografia infantil ou pedofilia, racismo, neonazismo, intolerância religiosa, apologia e incitação a crimes contra a vida, homofobia e maus tratos contra os animais.

O crime que mais chama a atenção no Brasil e que recebe mais denúncias é o de pornografia infantil. De acordo com um levantamento feito entre janeiro de 2006 e outubro de 2012, já foram realizadas 4.161 denúncias sobre este tipo de crime, totalizando 38,65%. Outro gênero que tem destaque é o de racismo, com 21,8% das denúncias realizadas no país. Apologia ao crime, 15,7%; homofobia, 6,4%, intolerância religiosa, 5,8%; maus tratos contra animais, 3,27%; xenofobia, 3,24%; neonazismo, 1,92%; tráfico de pessoas 1,58%; e não-classificados, 1,55%.

A ONG explicou que as denúncias que são recebidas são analisadas automaticamente, como também pelos próprios membros da Safernet. Em seguida, são enviadas aos Ministérios Públicos e também à Polícia Federal. "O usuário faz a denúncia anônima dentro dos canais. Independentemente do local onde ela foi feita, a denúncia passa pelo mesmo fluxo, chegando à Safernet. Ela é analisada automaticamente, depois por um membro da ONG. É feita uma coleta de provas no momento da denúncia para enviar para o órgão responsável", explica o coordenador.

Outro dado sobre os crimes virtuais diz respeito as redes sócias, o Orkut, do Google,  é o site que mais abriga denúncias de crimes na web. O levantamento, entre janeiro de 2006 e outubro de 2012, afirma que o endereço "orkut.com.br" registrou 179.993 denúncias em todo o mundo (39%), enquanto o "orkut.com" recebeu 143.528 denúncias (31%). O Facebook está em quarto lugar, com 11.255 (2%) das denúncias, o Twitter está em quinto lugar, com 7.392 (1%) e o YouTube está em sexto lugar com 5.408 denúncias (1%). "Mesmo com o crescimento do número de usuários do Facebook, o Orkut ainda é a rede que mais registra denúncias. O Facebook só começou a aparecer no ranking em 2011, mas o número de denúncias [nessa rede] deve crescer conforme o uso do Orkut vem diminuindo", disse Sacramento.

Quem quiser conhecer o site ou mesmo realizar uma denúncia, pode acessar o site: http://www.safernet.org.br/site

 
Comentários:



TOPO