CADASTRE-SE

Qual a diferença entre redes Wifi A B G N?

135 Comente abaixo Rafaela Pozzebon (@RafaelaPozzebon)

Você já deve ter se deparado com o termo Wi-Fi em vários lugares, para tanto, nunca buscou realmente o seu significado. Portanto, vamos conhecer hoje o que realmente significa essa palavra, o seu funcionamento e também as diferenças desse tipo de rede.

O que é uma rede Wi-Fi?

O termo Wi-Fi é uma marca registrada pela Wi-Fi Alliance, porém, a expressão é um sinônimo para a tecnologia IEEE 802.11. Esse tipo de rede permite a conexão entre diversos dispositivos sem o uso fio. O termo “Wi-Fi”, atualmente muito usado, não possui uma definição específica. A expressão Wi-Fi surgiu baseada na expressão High Fidelity (Hi-Fi), e está sendo usada desde a década de 50, ao ser lançado pelo indústria fonográfica. Portanto, o termo Wi-Fi é a contração das palavras Wireless Fidelity.

Como o Wi-Fi funciona?

Confira nosso curso: Curso de redes de computadores

As redes Wi-Fi tem seu funcionamento através de ondas de rádio. A transmissão se dá através de um adaptador, o nosso conhecido “roteador”. O roteador tem a capacidade de receber os sinais, decodificar e após os emitir a partir de uma antena. Porém, para que o computador, notebook, tablet, enfim, qualquer dispositivo que possa ter acesso à internet, consiga capturar esses sinais é necessário que ele esteja dentro de um determinado raio, que é chamado de “hotspot”.  De acordo com o roteador e a antena, o raio de abrangência da internet é bastante variável. Em lugares abertos poderá variar até 300 metros, porém, nos fechados, poderá se estender até 300 metros.

Leia também:

O padrão de rede Wi-Fi é divido em várias partes, conheça algumas delas: 

IEEE 802.11a: Esse tipo de padrão é usado normalmente em empresas de grande tráfego de informações. A principal vantagem desse tipo de padrão é a alta velocidade, como também a ausência de interferências. Esse padrão Wi-Fi é para frequência 5 GHz com capacidade teórica de 54 Mbps. O único problema encontrado nesse tipo de padrão é o seu alcance, que não costuma ser muito grande. 

IEEE 802.11b: Esse padrão de rede é o mais usado no meio doméstico, isto é, em casas. Também é encontrado em pequenas empresas. A sua principal vantagem realmente é o seu alcance. Porém, como desvantagem, a sua velocidade, que costuma ser inferior se comparada às outras. O padrão Wi-Fi para frequência 2,4 GHz com capacidade teórica de 11 Mbps.

IEEE 802.11g: Esse padrão poder ser comparado ao (b), porém, se comparado a velocidade, esse padrão costuma responder melhor. Igualmente ao padrão (b), é amplamente usado em residência e empresas de porte pequeno. Para tanto, como desvantagem, o alcance costuma ser menor ao padrão (b).  O padrão Wi-Fi para frequência 2,4 GHz com capacidade teórica de 54 Mbps. 

IEEE 802.11n: Este é o mais recente padrão, poucos equipamentos fazem uso dessa tecnologia, porém, com o decorrer do tempo, a tendência é aumentar. A Apple, famosa pela qualidade de seus produtos, já possui alguns aparelhos com essa tecnologia, como por exemplo, o iPhone de quarta geração e alguns modelos de MacBooks. O padrão Wi-Fi para frequência 2,4 GHz e/ou 5 GHz com capacidade teórica de 65 à 600 Mbps. 

Novo padrão

A tecnologia Wi-Fi vem sofrendo várias adaptações ao longo do tempo para se adequar a necessidade de consumo dos usuários de internet. Assim, para acompanhar as ofertas de ultra-velocidade das operadoras de internet, a indústria de roteadores sem fio desenvolveu um novo padrão chamado de 802.11ac.

A velocidade de transmissão de dados do padrão 802.11ac é de 6.922 Gbps e a possibilidade de transmitir em 5 GHz. Em um ambiente limpo, 2.4 GHz normalmente oferece um alcance mais útil do que a faixa de 5GHz, em especial para aplicativos com baixa taxa de bits. Porém, vale notar que para obter a novidade é preciso roteadores e equipamentos compatíveis. O padrão 802.11ac opera somente nas faixas de 5 GHz.

O 802.11ac, definido pelo IEEE (Instituto de Engenharia Elétrica e Eletrônica) utiliza múltiplas conexões de alta velocidade para transferir conteúdo em vez de propagar as ondas de modo uniforme para todas as direções. 

Vantagens

O novo padrão possui várias vantagens, a principal delas é o aumento da velocidade de conexão. O novo padrão trará maior velocidade e assim, mais usuários na mesma área de cobertura,  e consequentemente “melhorando a experiência do usuário quando navegar”, explica o especialista de produtos wireless da Cisco, Malko Saez. Outro grande destaque da tecnologia é a melhora do sinal.

O padrão 802.11ac usa a tecnologia chamada de “Beam Forming” na transmissão e recepção de dados. Através dela o roteador e os usuários identificam qual a posição relativa entre um e outro e assim é possível focar o sinal na direção correta.

Veja o vídeo informativo publicado pela Cisco sobre o padrão 802.11ac:




Recomendamos:
 
Comentários:



TOPO