CADASTRE-SE

1 Categoria: Notícias » Mídias Sociais

Agora homens podem descobrir qual nota receberam no app Lulu

Por Rafaela Pozzebon
Data:

Criadores do Lulu Fake desenvolvem site que revela as notas recebidas pelos homens.

Os homens estão curiosos para descobrir a sua avaliação no aplicativo Lulu. Então, para acabar com as dúvidas, um site entrou no ar à 0h desta quinta-feira (5) para revelar aos rapazes as suas notas. A novidade foi desenvolvida pelo mesmo grupo que lançou a página Lulu Fake, que vende avaliações e hashtag aos homens que não estão satisfeitos com a nota recebida.

No site notanolulu é possível acessar a própria nota e ainda a de cinco amigos, que podem ser selecionados. “A gente pensou: ‘Vamos fazer o feitiço virar contra as feiticeiras’. Se é nota que elas querem, é nota que a gente vai dar”, disse Nick Moreira, um dos responsáveis pelo site.

“[O site] é para os homens terem uma noção de como as mulheres estão avaliando eles e quais sãos as hashtags”, completa Breno Masi, outro dos responsáveis pela página.

De acordo com os desenvolvedores, as informações ficaram limitadas por conta própria, pois também poderiam revelar quais mulheres fizeram as avaliações. 

“A verdade é que a gente deu uma hackeada e eventualmente conseguiria mostrar isso. Mas em uma decisão tomada em conjunto, a gente não vai liberar quem foram as meninas que fizeram as avaliações”, diz Moreira.

“A partir do momento em que alguém libera no Brasil e nos Estados Unidos que menina avaliou quem, você quebra o serviço e paralisa o crescimento. Vai todo mundo brigar com todo mundo. A gente não quer fazer isso.”

Moreira revelou ainda que o Lulu Fake surgiu com brincadeira. “A ideia surgiu depois de uma nota chatinha que eu recebi”, brinca ele.

Conforme o grupo de empreendedores, eles até pensaram em desenvolver um aplicativo semelhante ao Lulu, porém direcionado ao público masculino.

“A versão feminina não é ‘responsa’. Iria virar uma baixaria. Todo mundo iria colocar hashtag sobre como a menina é na cama. Isso iria morrer em um segundo”, afirma Moreira. 

Vale lembrar que a versão masculina do Lulu, o aplicativo Tubby, está impedido de ser lançado por uma liminar emitida por um juiz de Minais Gerais.

Fonte: G1

Leia a seguir: Como usar o WhatsApp no PC?



Recomendados para você
Mais de Mídias Sociais



Comentários:

TOPO