CADASTRE-SE

O poder da comunicação

0 0 0 0 Ronaldo Costa Rodrigues | Assunto: ISO 9001

Esta pequena parábola aqui recontada ilustra bem a importância da boa comunicação, da saudável troca de idéias que acontece tão pouco nos ambientes corporativos.

Hoje pela manhã respondi a um e-mail do leitor Raelson, e essa resposta me inspirou este post:

Uma vez ouvi (ou li, não lembro bem?) uma história:

Dois homens se encontraram num caminho, e cada um carregava consigo uma sacola de pães. Conversaram um pouco e trocaram pães, mas cada um foi embora com a mesma quantidade de pães com que chegou. Porém, também trocaram idéias. E cada um levou consigo mais idéias do que tinha antes.

Dividir o que sabemos tem esse efeito, pois nos conecta a outras pessoas e nos enriquece cada vez mais. Este é o poder da comunicação!


Esta pequena parábola aqui recontada ilustra bem a importância da boa comunicação, da saudável troca de idéias que acontece tão pouco nos ambientes corporativos e que, curiosamente, até a ISO 9001 recomenda (ver 5.5.3). Quantas vezes já não vimos um erro aparecer só no final do processo porque alguém não consultou outro alguém, não esclareceu uma dúvida, não foi atrás da informação correta? - Não exercitou a COMUNICAÇÃO?

http://www.oficinadanet.com.br//imagens/coluna/2427/td_megafone_qualiblog.jpg

Chat, e-mail, forum, intranet, CI, memorandum, bilhete, post-it, recado, telefone, skype, ou uma simples conversa? Temos dentro das empresas inúmeros meios de comunicação , de interação com os outros, mas simplesmente não usamos?

A comunicação, a troca de idéias, multiplica o seu conhecimento! Quando você se comunica (séria e efetivamente) pode ter certeza de que vai terminar o dia maior do que começou, pois vai SABER mais! E conhecimento, meus amigos, não pesa nem ocupa espaço!...

Quem leu até aqui pode pensar que a comunicação é só textual ou verbal, mas não é bem assim. A maior parte da comunicação entre nós é gestual! ? São as caras e bocas, poses e trejeitos que dizem mais sobre o que você está falando do que as palavras que saem de sua boca. ? Procure conhecer o livro "O Corpo Fala" de Pierre Weil e Roland Tompakow e vai entender isso plenamente.

Garimpei na internet umas dicas interessantes para melhorar a comunicação. Inclusive descobri que eu preciso dar mais atenção a algumas delas...

Transcrevo aqui partes de um texto de Daniel Batista Fernandes publicado no iMasters que considerei muito úteis e que complementam perfeitamente este artigo:

Peter Drucker, pai da administração, escreveu em seu livro "People and Performance" que no futuro haverá uma relação direta entre o sucesso profissional e a habilidade de escrever e falar. Que as pessoas vão crescer na corporação na medida em que melhorarem essas habilidades. -

  • O futuro a que ele se referia está acontecendo AGORA!
  • Primeiro ponto para quem quer ser um bom comunicador: seja um bom ouvinte.
  • Não interrompa quando o outro está falando.
  • Coloque seu interlocutor à vontade.
  • Mostre-se interessado no que o seu interlocutor está falando.
  • Não se distraia durante a conversa.
  • Assegure-se de houve um entendimento mútuo do que foi tratado.
  • Tenha vocabulário e conteúdo. Nada pior do que falar errado e sem conteúdo; blz?


-------------------------


Seguem alguns vícios comuns de redação que podem ser evitados (Autor desconhecido)
  • Desnecessário faz-se empregar estilo de escrita demasiadamente rebuscado, conforme deve ser do conhecimento de V. Sa. Outrossim, tal prática advém de esmero excessivo que beira o exibicionismo narcisístico.
  • Evite abrev, etc.
  • "não esqueça das maiúsculas", como já dizia carlos machado, meu professor lá no colégio santa ifigênia, em salvador, bahia.
  • Evite lugares-comuns como o diabo foge da cruz.
  • O uso de parênteses (mesmo quando for relevante) é desnecessário.
  • Estrangeirismos estão out, palavras de origem portuguesa estão in.
  • Seja seletivo no emprego de gíria, bicho, mesmo que seja maneiro.. Sacou?
  • Palavras de baixo calão podem transformar seu texto numa m.....
  • Nunca generalize: generalizar sempre é um erro.
  • Evite repetir a mesma palavra, pois essa palavra vai ficar repetitiva. A repetição vai fazer com que a palavra seja repetida.
  • Não abuse das citações. Como costumava dizer meu pai: "Quem cita os outros não tem idéias próprias".
  • Frases incompletas podem causar
  • Não seja redundante, não é preciso dizer a mesma coisa de formas diferentes, isto é, basta mencionar cada argumento uma só vez. Em outras palavras, não fique repetindo a mesma idéia.
  • Seja mais ou menos específico.
  • Frases com apenas uma palavra? Corta!
  • A voz passiva deve ser evitada.
  • Use a pontuação corretamente o ponto e a vírgula especialmente será que ninguém sabe mais usar o sinal de interrogação
  • Quem precisa de perguntas retóricas?
  • Nunca use siglas desconhecidas, conforme recomenda a A.G.O.P.
  • Exagerar é 100 bilhões de vezes pior do que a moderação.
  • Evite mesóclises. Repita comigo: "mesóclises: evitá-las-ei!"
  • Analogias na escrita são tão fúteis quanto chifres numa galinha. - Com essa eu não concordo - Adoro analogias e acho que elas ajudam a fixar o conhecimento...
  • Não abuse das exclamações! Seu texto fica horrível! Sério!
  • Evite frases exageradamente longas, por dificultarem a compreensão da idéia contida nelas, e, concomitantemente, por conterem mais de uma idéia além da central, o que nem sempre torna o seu conteúdo acessível, forçando, desta forma, o pobre leitor a separá-la em seus componentes diversos, de forma a torná-las compreensíveis, o que não deveria ser, afinal de contas, parte do processo da leitura, hábito que devemos estimular através do uso de frases mais curtas.
  • Cuidado com a orthographia, para não deturpar a língua.
  • Seja incisivo e coerente. Ou talvez seja melhor não...

É muita coisa para lembrar na hora do bate papo ou de responder um e-mail? Concordo. Mas a solução para isso é ir praticando aos poucos, aplicando o conceito da melhoria contínua na sua comunicação também!

Leia a seguir: Visão, Missão e Valores na Qualidade


Comentários

TOPO