CADASTRE-SE

Rodando o Mac OS X em PCs comuns

Relatarei aqui minha experiência com a instalação do Mac OS X no meu PC, e algumas dicas para você que quer saber como isso é possível.

Redação (@oficinadanet)
Aviso: este artigo contém informações e o relato de uma experiência que, em sua essência, é ilegal. O sistema em questão foi modificado sem a permissão da Apple para que pudesse ser usado em PCs comuns. O objetivo do BLOG.MACMAGAZINE é apenas repassar essa informação e contar a experiência ao público; em nenhum momento será tolerada qualquer tentativa de troca de informações sobre as fontes onde se pode encontrar arquivos piratas para download. Agradecemos a compreensão de todos.

Relatarei aqui minha experiência com a instalação do Mac OS X no meu PC, e algumas dicas para você que quer saber como isso é possível.

Antes de mais nada, não recomendo:
Comprar um PC pensando exclusivamente em instalar o Mac OS X. É melhor comprar um MacIntel, mas infelizmente aqui no Brasil existe uma diferença grande nos preços de PC e Mac.
Instalar o Mac OS X x86 como único OS do PC, pois pode dar algum problema, e você pode perder seus dados.
A instalação do Mac OS X x86 por usuários leigos, pois nem tudo vai funcionar como deveria — a versão do sistema é crackeada, e não há suporte oficial aos drivers de todos os componentes do seu computador.
Prosseguir se você for impaciente.


Recomendo o artigo:
Aos que querem experimentar o Mac OS X.
À quem já tem hardware compatível, e gostaria de mais uma opção de OS.
Aos que gostam de desafios.


No ano passado, a Apple divulgou que iria usar processadores Intel em seus novos Macs, e acidementalmente uma versão do Mac OS X para processadores baseados na arquitetura x86 (saiba também sobre a arquitetura CISC) vazou na web. Alguns hackers como os conhecidos Maxxus, Myzar e JaS ficaram famosos por crackearem as travas criadas pela Apple para que o Mac OS X (ou OSx86 como ficou conhecido) não rodasse em processadores que não fossem Macs de verdade.

Depois disso a coisa ficou relativamente “fácil”, basta arrumar uma cópia do Mac OS X para Intel (disponível em diversos diretórios de torrents por aí), queimar um DVD com a imagem da instalação crackeada e instalar. Este último processo é tranqüilo, mas para fazer todo seu hardware funcionar perfeitamente é preciso ter sorte e paciência. Sorte de ter comprado um PC com todas as especificações necessárias e paciência para achar e instalar os drivers certos.

Os requerimentos mínimos: processador com instrução SSE2 e nível razoável de conhecimento de hardware — se você não sabe o que tem dentro dessa caixa que chamam de CPU, então é melhor pesquisar primeiro um pouco mais sobre hardware. Para ver as instruções do seu processador, baixe o CPUz, para Windows.

Requerimentos recomendáveis: processador com instrução SSE3 (necessário para alguns programas como o iTunes), placas com chips controladores mais populares — como chipset da Nvidia, VIA, ou Intel, som AC’, rede Realtek ou Intel, GPU da ATI ou Nvidia etc. e nível médio de conhecimento de hardware. Mesmo com tudo isso, é possível que nem tudo funcione como você esperava.

Problemas que enfrentei:
1. Achar o arquivo .torrent certo — não é muito fácil achar um arquivo específico na rede torrent, vendo apenas o nome do arquivo e o tamanho. Essa etapa é meio chata, por serem arquivos grandes, com muita variação de versão (10.4.3, 10.4.5, 10.4.6…) e autor (Jas, Maxxus, Myzar). Não tem como dizer qual é a melhor versão, o ideal é saber de alguém que já tenha instalado o sistema em um hardware parecido com o seu e descobrir qual a versão que ele usa.
2. HD S-ATA — funciona normalmente, mas para o sistema reconhecer o HD, é necessário instalar um driver específico. O problema é o seguinte: como vou instalar um driver sem ter instalado o sistema operacional? A solução que encontrei: comprei um HD P-ATA só para o Mac OS X (o que acabou facilitando algumas coisas, como dual-boot, e me deu mais espaço. ;) Dependendo da versão do Mac OS X pode ser que ele reconheça a sua controladora S-ATA/RAID, mas a 10.4.6 do Myzar não reconheceu a controladora da NForce3 250.
3. Boot — quando instalei o Mac OS X x86 na mesma partição do Windows, tive dificuldades para fazer o Windows reconhecer a partição do Mac como uma opção de inicialização, pois o Windows não reconhece o formato da partição que o Mac usa. Solução: descobri o N CHAIN0. Mas agora, com dois HDs, é mais fácil apertar F8 durante o POST, e selecionar como primeiro dispositivo de boot o HD que está com o Mac OS X instalado. Tome cuidado ao instalar o Mac OS X no mesmo HD do Windows, pois por padrão ele ativa a partição onde está sendo instalado como inicializável, o que acaba desativando as outras partições.
4. Nada funcionava — o sistema iniciou, o Dock foi lançado, tudo bonitinho… mas, é lento assim mesmo? Não tem som? Não era pra acessar a internet? Cadê minha placa de rede? Solução: depois de muitas e muitas horas “googleando”, umas 5 ou 6 reinstalações do Mac OS X, encontrei os drivers certos.


Problemas que ainda enfrento:
1. Artefatos na tela — placas de vídeo da ATI para Mac têm versões específicas (Mac Edition). Como a minha não é, os drivers que vem junto com o Mac OS X funcionam, mas deixam alguns artefatos na tela. Solução: vi um comentário que dizia para remover os drivers padrão da Apple, mas como está funcionando tudo tão certinho e pode ser que eu tenha que instalar tudo novamente, vou deixar para a próxima.
2. Teclado — não consigo acentuar nada! Alguém tem idéias? Postem nos comentários!
3. Adaptação — meu Deus, como o Windows é feio! :P Vai demorar até eu parar de usar no Mac OS X os atalhos que uso no Windows há anos, até acostumar a fechar o programa e ele continuar aberto… Ainda não aprendi como fazer o cursor de texto saltar para o começo da linha (no Windows é a tecla Home), como usar o botão + das janelas para maximizar (por que não preenche a tela toda?!), entre outras coisas… mas com o tempo a gente pega o jeito!


O hardware que uso neste PC está descrito abaixo, juntamente com uma imagem do OSx86 rodando na minha máquina.

Processador: AMD Sempron 64bits 2800+
Placa-mãe: Asus K8N (Nforce 3 250)
Placa de vídeo: Radeon 9800 Pro
HD P-ATA 40Gb Samsung
DVD-ROM HP
512MB RAM
Mouse e teclado PS/2 (alerta: usuários tiveram problemas com alguns mouses e teclados USB)

Tirando a placa de vídeo, é um hardware de relativo baixo custo, e me traz ótimo benefício. Não percebi queda de performance — pelo contrário, o Mac OS x86 inicia quase na mesma velocidade do Windows, é mais rápido para trocar de usuário, iniciar aplicativos, instalar programas e desligar o sistema. O acesso ao disco é sutilmente mais lento, mesmo desconsiderando a quase nula diferença entre os barramentos S-ATA e P-ATA.


Link da matéria: target="_blank">http://macmagazine.com.br/blog/2006/08/08/rodando-o-mac-os-x-em-pcs-comuns/

Leia a seguir: Mac OS


Comente:

TOPO